quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Consagração


A Ti seja consagrada
Minha vida, ó meu Senhor!
Meus momentos e meus dias
Sejam só em Teu louvor.

Sempre minhas mãos se movam
Com presteza e com amor,
E meus pés velozes corram
A servir-Te, ó bom Senhor!

Minha voz agora toma
Para o Teu louvor cantar;
Toma os lábios meus, fazendo-os
A mensagem proclamar.

Minha prata e ouro toma,
Nada quero Te esconder;
Minha inteligência guia
Tão somente em Teu saber.

A vontade minha toma,
Sujeitando-a a Ti, Senhor,
De meu coração fazendo
O Teu trono, Salvador!

Meu amor e meu desejo
Sejam só Teu nome honrar;
Faze que meu corpo inteiro
Eu Te possa consagrar.

Versão de cântico da hinologia eclesiástica mundial, com créditos aos mui dignos e santos autores que a compuseram para abençoar as vidas daqueles que leem ou cantam. 

Redenção pela Cruz


Oh! Bem cego eu andei e perdido vaguei
Longe, longe do meu bom Salvador!
Mas da glória desceu, e Seu sangue verteu
Por salvar a um tão pobre pecador.

Foi na cruz, foi na cruz que, a tremer, percebi
Meu pecado castigado em Jesus.
Foi ali, pela fé, onde os olhos abri
E hoje, salvo, me alegro em Sua luz.

Bem ouvia falar dessa graça sem par
Que nos deu um Salvador em Jesus.
Mas eu surdo me fiz, converter-me não quis
Ao Senhor, que por mim morreu na cruz.

Mas um dia senti meu pecado e tremi,
Vendo as penas da justiça e da lei.
Apressado fugi, em Jesus me escondi
E refúgio seguro nEle achei.

Quão feliz é, então, este meu coração,
A gozar aquele tão santo amor
Que levou meu Jesus a sofrer lá na cruz,
Por salvar a um tão pobre pecador!

Versão de cântico da hinologia eclesiástica mundial, com créditos aos mui dignos e santos autores que a compuseram para abençoar as vidas daqueles que leem ou cantam. 

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

A Mensagem Real

 
 

Sou forasteiro aqui; em terra estranha estou; 
Celeste Pátria, sim, anunciando vou. 
Embaixador, por Deus, de reinos de além céus, 
Venho em serviço do meu Rei. 

Eis a mensagem que me deu, 
Que os anjos cantam lá nos céus: 
“Reconcilia-vos já, diz o Senhor, Rei meu; 
Reconciliai-vos já com Deus”. 

Por Deus mandado está que o homem, pecador, 
Arrependido já, se chegue ao Salvador, 
Pois quem O receber, no Reino vai viver. 
Venho em serviço do meu Rei. 

Mais belo que um rosal, o lar celeste tem 
A bênção perenal do bom descanso além. 
Ali podeis gozar prazer que não tem par. 
Venho em serviço do meu Rei. 

Versão de cântico da hinologia eclesiástica mundial, com créditos aos mui dignos e santos autores que a compuseram para abençoar as vidas daqueles que leem ou cantam. 

Deixa o Sol em Ti Nascer

 
 
 
 Medo tens que o inimigo vá vencer? 
Pouca luz te faz agora estremecer? 
Abre o coração e deixa Cristo entrar, 
Deixa o Sol em ti raiar. 
 
Deixa a luz do Céu entrar, 
Deixa o Sol em ti nascer. 
Abre o coração e deixa Cristo entrar, 
Deixa o sol em ti nascer. 
 
Fraca está a tua fé no Salvador? 
Deus não ouve as tuas preces com favor? 
Abre o coração e deixa Cristo entrar, 
Deixa o Sol em ti raiar. 
 
Queres ir andando, alegre, para o céu, 
Ignorando todo o negro e denso véu? 
Abre o coração e deixa Cristo entrar, 
Deixa o Sol em ti raiar. 
 
 
Versão de cântico da hinologia eclesiástica mundial, com créditos aos mui dignos e santos autores que a compuseram para abençoar as vidas daqueles que leem ou cantam. 

sábado, 23 de novembro de 2013

Pensamento

Onde não se tiver a Deus por fortaleza,
as esperanças fugirão como palha seca.
 
Mas quem tiver Jesus por seu abrigo
livre estará de toda forma de perigo.   


quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Chamados às Profundidades do Amor



Profundidade com Deus
demanda caminhar com ele
em íntima comunhão
por longo tempo.

A cada passo de fidelidade
mais Deus nos revela em graus
da sua infinita profundidade.

E quanto mais o conhecemos,
mais o amamos e somos amados.

“Ef 3:16 para que, segundo a riqueza da sua glória, vos conceda que sejais fortalecidos com poder, mediante o seu Espírito no homem interior;
Ef 3:17 e, assim, habite Cristo no vosso coração, pela fé, estando vós arraigados e alicerçados em amor,
Ef 3:18 a fim de poderdes compreender, com todos os santos, qual é a largura, e o comprimento, e a altura, e a profundidade
Ef 3:19 e conhecer o amor de Cristo, que excede todo entendimento, para que sejais tomados de toda a plenitude de Deus.”

“Eze 47:3 Saiu aquele homem para o oriente, tendo na mão um cordel de medir; mediu mil côvados e me fez passar pelas águas, águas que me davam pelos tornozelos.
Eze 47:4 Mediu mais mil e me fez passar pelas águas, águas que me davam pelos joelhos; mediu mais mil e me fez passar pelas águas, águas que me davam pelos lombos.

Eze 47:5 Mediu ainda outros mil, e era já um rio que eu não podia atravessar, porque as águas tinham crescido, águas que se deviam passar a nado, rio pelo qual não se podia passar.”

O Mais Belo dos Belos

O Mais Belo dos Belos


 
Mais do que saindo de uma bela matinê
com a alma enlevada pela mensagem
fixada na memória pela tela do cinema.
 
A alma fica plenamente extasiada
à vista das revelações divinas
com toda a beleza que nos vem de cima,
para muito mais distante do espaço
no qual brilham todas as estrelas.
 
Refulge em glória celestial e eterna
a face mais querida e mais bela.
Mais refulgente que o brilho do sol
em todo o seu fulgor do meio dia.
 
O coração saltita com alegres louvores
e com todos os aplausos da alma
ao grande ser do qual tudo procede
e no qual todas as coisas são sustentadas.
 
Mais lindo do que o brilho das estrelas
na mais densa e escura noite,
é aquele que procede de Jesus
e que dissipa nossas trevas nessa luz.
 

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Caminho de Luz



 
Vamos caminhando na luz,
com as vestes da luz gloriosa,
da justiça eterna de Jesus.
 
Seu brilho ilumina o caminho
da estrada que começa na Terra
e que só termina no céu.
 
Medidas maiores de graça são encontradas
à medida que se avança nesta estrada,
e somente a mão da fé pode recolhê-las,
para refrigério do corpo, do espírito e da alma.
 
OH! Quanto amamos a Cristo!
por ser ele próprio o Caminho,
no qual nos faz tão tranquilos,
a par de todo ataque inimigo.
 
A paz que ele nos tem legado
não pode ser vencida ou subscrita,
sendo ela o fruto de um eterno pacto
assinado com o sangue do Calvário.
 
Nenhum poder que se levante
conseguirá violar nosso descanso
enquanto Cristo estiver no trono,
no qual importa que para sempre reine
sobre tudo e sobre todos.

Quão Felizes Somos


 
Quão felizes, Senhor amado, nós somos,
por sermos atraídos por ti, para seguir-te,
e para prosseguir em mais te conhecer.
 
Toda alma intranquila
pelos pesos desta vida,
tu chamas pela tua graça,
para real paz encontrar.
 
Inda que verdadeiro não pareça
por causa das loucuras e incertezas,
e toda sorte, que aqui temos de tristezas,
fomos criados por ti para a felicidade.
Não para pouco tempo,
mas para toda a eternidade.

Alegria da Salvação



 
Embora a tua ira contra mim
tivesse se acendido pelo meu pecado
tu tens de novo me confortado.
Toda a tua ira foi de mim removida
Porque Jesus pagou minha dívida.
 
Jesus é a minha salvação;
e todos os meus temores se foram.
 
Jesus se tornou a minha paz
e fez que a guerra com Deus
já não existisse mais.
 
Se antes fui seu inimigo;
pelos braços da sua cruz
unidos fomos para sempre
como bons amigos.
 
Se antes fui fraco agora sou forte,
na força da graça do meu Senhor,
e já não morro mais por sua justiça
com a qual me justificou e salvou.
 

A Última Hora

 
 

Ao findar o labor desta vida, 
Quando a morte ao teu lado chegar, 
Que destino há de ter a tua alma? 
Qual será, no futuro, o teu lar? 
 
Meu amigo, hoje tu tens a escolha: 
Vida ou morte, qual vais aceitar? 
Amanhã pode ser muito tarde. 
Hoje Cristo te quer libertar. 
 
Tu procuras a paz neste mundo, 
Em prazeres que passam em vão, 
Mas no termo final desta vida 
Tais prazeres valor não terão. 
 
Muitas vezes, amigo, tu riste 
Ao ouvires falar de Jesus. 
Mas somente Jesus pode dar-te 
Salvação, pela morte na cruz. 
 
Com tua alma em pecado não podes 
Ver o santo semblante de Deus. 
Mas aquele a quem Deus tornou limpo 
Gozará das venturas dos céus. 
 
Se quiseres deixar teus pecados 
E entregar tua vida a Jesus, 
Hás de ter no momento da morte 
Um caminho brilhante de luz. 
 
Versão de cântico da hinologia eclesiástica mundial, com créditos aos mui dignos e santos autores que a compuseram para abençoar as vidas daqueles que leem ou cantam. 

Manso e Suave

 
 

Manso e suave eis Jesus nos chamando. 
Chama por ti e por mim. 
Eis que Ele às portas espera velando. 
Vela por ti e por mim. 
 
Vem já! Vem já! Alma cansada, vem já! 
Manso e suave, Jesus, convidando, 
Chama: “Vem, pecador; vem!” 
 
Com paciência, Ele está esperando 
Hoje por ti e por mim. 
Oh! Não desprezes a quem, convidando, 
Chama por ti e por mim! 
 
Correm os dias, as horas se passam, 
Passam por ti e por mim. 
Transes de morte, por fim, vão chegando 
Tanto por ti e por mim! 
 
 
Oh, quanto amor que Jesus nos tem dado! 
Tudo por ti e por mim! 
Seu sangue foi sobre a cruz derramado, 
Sim, foi por ti e por mim! 
 
 
Versão de cântico da hinologia eclesiástica mundial, com créditos aos mui dignos e santos autores que a compuseram para abençoar as vidas daqueles que leem ou cantam. 

Não Foram Outros... Fomos Nós

 
Nós o conhecemos,
sua pessoa, vontade, palavra,
Nós o conhecemos,
sua morte, sua ressurreição,
seu grande amor por nós.
 
Nós sabemos quanto fez,
e quanto tem feito por nós.
 
Não foram estranhos
que o negaram, traíram,
afinal, não o conheciam.
Mas fomos nós,
que andávamos com ele,
que comíamos à sua mesa,
a quem ele afagava as cabeças.
 
Que temos feito contigo
amado Jesus Cristo?
Qual foi o mal que nos fizeste
para seres assim tão esquecido...
tão maltratado, negado,
e mal servido?

segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Palavras de Vida

 
 
 
Repeti-mas inda outra vez 
Belas palavras de vida! 
Acho nelas consolo e paz, 
Belas palavras de vida! 
Elas vêm de cima, 
Dão sustento e guia. 
Que belas são! Que belas são 
Essas palavras de vida! 
 
Cristo a todos agora dá 
Belas palavras de vida. 
Dá-Lhe ouvidos, ó pecador! 
Belas palavras de vida! 
Por amor te salva, 
Ele ao céu te chama. 
Que belas são! Que belas são 
Essas palavras de vida! 
 
É Jesus o bom Salvador; 
Belas palavras de vida! 
Terno e santo consolador; 
Belas palavras de vida! 
Ele é luz e vida, 
Paz, conforto e guia. 
Que belas são! Que belas são 
Essas palavras de vida! 
 
Versão de cântico da hinologia eclesiástica mundial, com créditos aos mui dignos e santos autores que a compuseram para abençoar as vidas daqueles que leem ou cantam. 

As Novas do Evangelho



 
As Novas do Evangelho 
Ressoando estão aqui, 
Publicando em som alegre 
Quanto Deus já fez por ti, 
Pois tanto ao mundo amou 
E ao perdido pecador, 
Que dos céus nos deu Seu Filho, 
A Jesus, o Salvador. 
 
“Santa paz e perdão!” 
São as novas lá dos céus! 
“Santa paz e perdão!” 
Bendito o nosso Deus! 
 
As novas do Evangelho, 
Verdadeira vida e paz, 
Anunciam Jesus Cristo, 
Que o perdão de Deus nos traz. 
As novas se vos dão 
De que existe um Salvador 
Poderoso e mui bondoso 
Que perdoa ao pecador. 
 
As novas do Evangelho 
Dão-nos hoje a conhecer 
Que perdão há para todos, 
Para quem a Cristo crer. 
Salvai-vos em Jesus! 
Vinde agora, sem tardar! 
Há perigo grande e grave 
Para quem se descuidar. 
 
Versão de cântico da hinologia eclesiástica mundial, com créditos aos mui dignos e santos autores que a compuseram para abençoar as vidas daqueles que leem ou cantam.