domingo, 9 de fevereiro de 2014

Quão profundo e incomparável



Quão profundo e incomparável

é o amor de Deus.
 
Quem disporia a fazer o bem,
e a receber de bom grado,
a quem lhe tenha ofendido,
e sempre sido ingrato?
 
Todavia Deus é assim,
Tão diferente de você e de mim!
porque sempre estende a mão
a quem lhe busca,
para receber dele graça e força
para acertar o seu passo.